terça-feira, 3 de setembro de 2013

Barriga inchada, como diminuir este problema?

barriga  saliente é um dos terrores  das mulheres e, mesmo quando se está em forma, sem sobrepeso, a barriga pode ficar intumescida ou levemente inchada, por dias até. Saiba o porquê disto e o que é possível fazer para evitar essa desagradável  protuberância, nem um pouco bem-vinda!

O que pode causar inchaço na barriga?

Descartando-se qualquer problema orgânico mais sério, existem fatores corriqueiros que podem contribuir para um aumento considerável de volume no abdômen. Por exemplo, o mau funcionamento do intestino é um dos mais comuns, já que muitas mulheres sofrem com prisão de ventre, durante o período menstrual também, por causa da retenção de líquidos. Alguns maus hábitos fazem com nossa barriga se saliente.

Veja algumas dicas que podem ajudar a reduzir o inchaço

  • ÁGUA:  beber água em abundância durante o dia, hidrata o corpo e faz com que o organismo trabalhe com perfeição, além disso, evita a retenção de líquidos, o que é também uma causa de inchaço. Mas atenção: não beba água durante as refeições, o ideal é que se beba meia hora depois e, se não tiver como evitar, beba apenas um copo.
  • ALIMENTOS QUE FERMENTAM DEMAIS:  existem alguns alimentos que tendem a fermentar e causar gases, o que deixa a barriga inchada. Evite comer seguidamente esses alimentos ou misturar mais de um deles numa mesma refeição: feijão, ervilhas, batata doce, repolho, além de derivados de leite, como queijo.
  • DRENAGEM LINFÁTICA:  a massagem especial, empurra as toxinas e o excesso de líquidos em direção para serem eliminados pelos gânglios linfáticos. Pode ser feita uma ou duas vezes por semana por profissional treinado.
  • CHÁ DE HIBISCO:  esse chá é um grande aliado na perda de peso e redução de líquidos no corpo, pois a infusão feita com suas flores e botões, regulariza o funcionamento do intestino, estimula a queima de gordura corporal e auxilia a digestão.
  • EXERCÍCIOS FÍSICOS: auxiliam contra o inchaço já que estimulam a circulação, evitando a formação de edemas, fazem bem ao corpo e à mente de modo geral. Se você não for adepta de academias, procure mudar hábitos como trocar o elevador pela escada ou praticar uma atividade física que lhe dê prazer e se encaixe em sua rotina, como uma caminhada de meia hora.
  • SAL­: o sal é considerado um vilão para nossa saúde devido aos nossos exageros ao temperar a comida e ainda consumo de alimentos industrializados, riquíssimos em sódio. Assim, o sal em excesso retem líquidos e provoca inchaço. Dê preferência aos alimentos mais naturais e, para temperar, opte por ervas frescas, limão, etc. Assim, o uso do sal será reduzido e você estará livre do inchaço!
  • CHÁ AMARELO: é um parente próximo do chá verde, mas a plantinha tem maior concentração de ácido gálico, que facilita a perda de peso e ajuda a desinchar. Esse chá amarelo contém 3 vezes mais ácido gálico do que o chá verde e 8 vezes mais do que o chá branco.
  • ALONGAMENTO: a necessidade de passar horas a fio sentada, prejudica a circulação e faz com que o inchaço se instale. O ideal é que façamos pequenas pausas para levantar e alongar um pouco os músculos, ir até o banheiro ou o bebedouro, por exemplo.
*Fonte:aqui

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Cuidados com os seios

Toda mulher vaidosa sempre apresenta uma preocupaçãozinha a mais com a estética dos seus seios. Se estão firmes, sem estrias, sem flacidez… Muitas, com tanta neura, acabam recorrendo à cirurgia plástica de implante de prótese de silicone nos seios, e às vezes não é nem para aumentá-los e sim para deixá-los mais firmes, durinhos e redondinhos.
No entanto, para mantê-los sempre apresentáveis e com uma estética de invejar, não é preciso recorrer aos procedimentos cirúrgicos, basta fazer uma prática diária de cuidados que irão ajudar a deixá-los resistentes, sem estrias e flacidez. Mas não deixe para se preocupar com isso depois que amamentar e os seios caírem. Para ter bons resultados é necessário o tratamento precoce.

Cuidados com os seios para manter sua beleza

  • Um amigo inseparável da mulher é o sutiã, pois ele tem a função de diminuir a força exercida pela gravidade, fazendo com que o peso do seio não distenda a pele, evitando assim a flacidez.
  • Uma hidratação diária de preferência após o banho, pois a pele ainda estando úmida ajuda na absorção dos produtos que previnem o envelhecimento precoce.
  • Manter o peso corporal evita o efeito sanfona  que provoca as estrias que em casos graves só são resolvidos com cirurgia.
  • Cremes de colágeno, elastina e uva também são aliados no tratamento, pois ajudam na firmeza da pele deixando-os sempre com uma aparência jovem.
  • Exercícios localizados também são indicados, pois firmam os músculos que ficam sob os seios mantendo a boa aparência.
  • Outra forma de manter a boa estética é fazer exercícios localizados para fortalecer a musculatura da região. Algumas atividades recomendadas para o fortalecimento são: vôlei, natação, handebol e basquete.

Implantes de mama

Se seu caso de flacidez já estiver avançado e esses cuidados não funcionarem, as cirurgias plásticas são sempre uma opção. Mas é preciso ser cautelosa com uma série de detalhes importantes, pois apesar de parecer fácil, a cirurgia de implante não é tão simples quanto parece, pois como em qualquer outra, ela oferece risco à saúde e em uma pior hipótese risco de morte, por isso é importante saber tudo envolvido antes de escolher essa opção.
A cirurgia plástica não é indicada para mulheres menores de 15 anos, pois normalmente até essa idade os seios não estão completamente desenvolvidos. O organismo também pode rejeitar os implantes, o que vai causar o endurecimento e deformação, provocando dores, isso ocorre como uma reação de defesa do corpo que vai envolver o silicone em uma cápsula fibrosa, caso isso ocorra será necessário outra intervenção no qual o médico rompe a malha e troca a prótese.
Preste atenção no tamanho de silicone a ser escolhido, pois uma decisão errada pode provocar bastante desconforto, tendo em vista que a troca implicaria em uma nova cirurgia que deixa uma cicatriz de quatro centímetros.

Câncer de mama

A estética preocupa as mulheres, mas o maior pesadelo com certeza é o câncer de mama. Para evitar isso não é necessário nenhum creme e sim a manutenção de uma alimentação e um estilo de vida regrado, por isso é recomendado tirar o cigarro e diminuir o consumo de bebidas alcoólicas. É importante eliminar da dieta os alimentos gordurosos e inserir aqueles que são ricos em fibras, como frutas e legumes. Também é necessária a prevenção precoce, por isso deve-se a partir da adolescência fazer o autoexame preventivo.
*Fonte:aqui

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Vermelhinha e doce, a lichia tem uma imensa lista de benefícios

Apesar de ser pouco conhecida entre os brasileiros, a lichia é uma fruta de origem chinesa que possui uma lista imensa de benefícios  para a saúde. Ela tem uma aparência bem estranha e diferente de outras frutas às quais já estamos acostumados. De tamanho um pouco menos que o de uma ameixa, a lichia possui uma casca dura e grossa de cor avermelhada que deve ser retirada na hora de comer. A polpa da fruta é branca e docinha, agrada até mesmo os paladares mais sensíveis para frutas, como o das criançasA lichia é extremamente rica em vitamina C – 50 mg para cada 100 gramas da fruta! -, outras vitaminas do complexo B, sódio, cálcio e potássio e por isso tem um alto efeito antioxidante. Graças a estas propriedades a fruta vem sendo muito usada no mercado mundial para a produção de cosméticos

É verdade que lichia emagrece?

Sim! Essa é a fruta ideal para quem está de regime e deseja perder aqueles quilinhos que estão sobrando, pois além de deliciosa a lichia ainda possui uma baixa quantidade de calorias, além de poucas gorduras e muita água. São apenas 65 calorias em 100 gramas, o que equivale a uma quantidade entre 8 e 15 lichias, dependendo do tamanho. São aproximadamente apenas 6 calorias para cada uma dessas frutinhas vermelhinhas! Por isso esta é uma fruta que não pode faltar na dieta, pois além de emagrecer também contribui com outros benefícios para a saúde.
Além disso um estudo feito na universidade de Hokkaido no Japão comprovou que seu consumo ajuda a diminuir a circunferência abdominal. Este efeito se deve a uma substância contida na lichia, a cianidina, responsável pela cor vermelha da casca, mas que também está presente na polpa e tem uma grande ação na eliminação das gorduras abdominais.

Propriedades medicinais da fruta

  • Graças a alta quantidade de vitamina C em sua composição ela torna-se muito indicada para consumo em casos de gripes ou resfriados.
  • As suas propriedades antioxidantes fazem com que ela seja muito boa contra o envelhecimento precoce da pele.
  • Previne também outras doenças de pele, além de deixa-la mais saudável e hidratada.
  • Os efeitos da fruta ajudam no combate a vários tipos de câncer.
  • O consumo da lichia abaixa os níveis de colesterol no sangue, e por isso evita problemas cardíacos.

Dicas para consumo

  • Por ser bastante exótica, é mais difícil ver a fruta ser usada popularmente no preparo de pratos, e por isso o mais comum é ela ser consumida pura (in natura) ou em forma de suco, porém, aos poucos ela está ganhando espaço na gastronomia e alguns chefes já a estão transformando em ingrediente para suas receitas. O suflê de lichia é um grande exemplo disso.
  • chá da casca de lichia também pode ser muito útil no combate a diarreia ou erupções na pele causadas por varíola.
  • A partir das sementes de lichia é obtido um pó muito utilizado para resolver problemas intestinais, pois apresenta um grande poder adstringente. É também analgésico e por isso pode ser usado no tratamento de diversas dores (principalmente lesões nos nervos e orquites).
  • Pessoas que sofrem de problemas renais devem ter cuidado na quantidade de lichias consumida. Por apresentar altos índices de potássio (170mg em 100 g da fruta) ela pode tornar-se perigosa para quem sofre deste tipo de problema e por isso deve ser consumida moderadamente.
*Fonte:aqui

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Use os óleos faciais sem medo!

Só de pensar em colocar óleo no rosto surge uma careta de desconfiança. Isso acontece por causa do senso comum, afinal quem mora no Brasil, um país tropical e quente, sofre com problemas de oleosidade, na maioria dos casos. Mas o fato é que os produtos oleosos estão entre os favoritos para os dermatologistas e eles afirmam que não somente as pessoas com pele seca ou normal podem usar, mas também quem tem a pele oleosa.

Por que os óleos faciais são os favoritos do momento?

Os cosméticos que contêm óleo vegetal na fórmula servem para tratar rugas, clarear manchas, diminuir a flacidez, limpar e hidratar profundamente a pele. Além disso, os óleos faciais  são livres de emulsionantes, um dos ingredientes responsáveis pelas alergias, e conseguem formar uma barreira protetora na pele, evitando a desidratação. Para quem tem a pele oleosa se deve apenas não fazer uso do produto na zona T (testa, nariz e queixo) e também é indicado que a aplicação seja feita à noite, dessa forma não se misturará com o excesso de suor e oleosidade natural do dia, ou seja, será absorvido mais eficientemente.
Atenção: Os óleos faciais podem ser encontrados em duas versões: mineral e vegetal. Sempre prefira os produtos vegetais!

Funções e ativos de cada óleo

  • Amêndoa e abacate: Quem tem a pele bastante ressecada pode apostar sem medo nessas substâncias, pois proporcionam uma hidratação reforçada.
  • Echium: É um óleo raro, mas rico em ácidos graxos. O SDA, por exemplo, trata rugas em estágio avançado tão eficientemente quanto os ácidos retinoicos usados pelos profissionais.
  • Gerânio: Ajuda a desintoxicar e melhorar a circulação sanguínea.
  • Groselha negra: É uma excelente fonte de ômega-7, que trata dermatites pelo corpo todo.
  • Lavanda: É o favorito de quem procura clarear a pele. Esse óleo vai despigmentando gradativamente e ainda traz ótimos benefícios para a pele: repara e hidrata.
  • Morango e linhaça: Contém ômega-3 em sua fórmula, ajuda a reparar e recuperar a pele flácida e fina.
  • Oliva: Esse óleo ameniza as manchas, rugas e sinais de envelhecimento. Contém polifenóis que potencializam a proteção da luz na face.
  • Rosa-mosqueta: Por ter uma textura mais seca, é o indicado para as peles oleosas ou mistas. Consegue clarear manchas causadas pelo excesso de exposição ao Sol.
  • Rosewood: O arbusto que dá a matéria prima para esse óleo é rico em propriedades que ajudam a pele a recuperar o viço e a firmeza.

Como devo usar?

Com a pele limpa e tonificada, basta pingar duas gotas na palma das mãos e massagear com movimentos circulares pelo rosto todo. Se optar por passar o produto durante o dia, use-o com 30 minutos de antecedência do filtro solar, pois esse é o tempo que o óleo é absorvido pela pele. Maquiadores ainda sugerem que os óleos faciais sejam usados como iluminador para a pele e afirmam que são excelentes removedores de maquiagem à prova d’água.
*Óleos faciais são contraindicados em casos de acne!

*Fonte:aqui

terça-feira, 27 de agosto de 2013

Espremer espinhas é super perigoso!

Acordar com uma espinha parece um pesadelo para muitas mulheres e elas logo procuram espremê-la para se livrar dos olhares alheios que serão redirecionados ao pontinho vermelho. Entretanto o ato de espremer espinhas pode ser muito perigoso, causando uma inflamação ainda maior, por exemplo, e ainda deixando a área mais dolorida.

Fique ciente dos riscos que corre ao espremer espinhas

  • Ao espremer a temida espinha, momentaneamente pode até ser que seu efeito diminua, mas logo depois ela volta e ainda pior. O ato de espremê-las machuca a pele e deixa uma ferida aberta ao retirar o pus, ou seja, uma porta aberta para as bactérias entrarem no sistema e agravar a pequena acne;
  • Quando se espreme uma única espinha é como se aumentasse as chances de outras aparecerem no mesmo local, dificultando que o efeito tão indesejado desapareça e ainda dando caminho para inflamações mais sérias;
  • Em pessoas que apresentam imunidade baixa, sobretudo portadores de HIV ou outras doenças, é mais fácil o desenvolvimento de infecções graves ao remover incorretamente uma espinha;
  • Certos casos de remoção incorreta de espinhas podem deixar marcas que irão ficar na pele permanentemente, apenas podendo ser tratadas com peelings e outros tratamentos dermatológicos indicados por um médico.

O que fazer quando surgir uma espinha?

Conhecendo todos os malefícios que uma remoção errada de espinha pode trazer, a dúvida de como agir de maneira correta surge. Para as espinhas que aparecem com pouca frequência, o ideal é fazer uma boa higienização na pele e aplicar um gel secativo na área antes de dormir. O gel tem em sua fórmula o extrato de benzoíla e o ácido salicílico, que são substâncias muito eficientes no processo de secar as espinhas de forma natural, sem que cause danos à pele. Nos casos mais severos, também conhecidos como acne, o tratamento deve ser ditado por um dermatologista, que irá passar sabonetes, hidratantes e outros produtos que irão ajudar você a se livrar das muitas espinhas.

Mantenha a pele limpa e hidratada

  1. Começo do dia: Ao acordar, lave bem o rosto com sabonete próprio para a limpeza facial, depois limpe a pele com adstringente e passe protetor solar em gel (livre de óleo).
  2. Fim do dia: Antes de dormir é importante limpar bem a pele como feito na manhã e aplicar uma pomada antiacne e também o gel secativo.
  3. Uma ou duas vezes na semana: Esfolie a pele, afinal o processo ajuda a remover o tecido morto da pele, o que garante a desobstrução dos poros.

Atenção!

Todas as dicas de produtos acima apenas devem ser levadas em consideração caso o seu médico tenha prescrevido-os para você. Jamais use produtos para a cura da acne sem que um profissional tenha receitado, pois poderá agravar o seu quadro. Também nunca faça uso das receitas caseiras, como a pasta de dente, para secar mais rápido as espinhas. Tal tratamento não foi comprovado pelos estudiosos e pode causar uma irritação na pele.

*Fonte:aqui

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Você sabe lavar seu rosto do jeito certo?

Essa pergunta pode parecer estranha, afinal, já ao acordarmos costumamos lavar o rosto, assim, de modo automático. Mas essa tarefa simples muitas vezes é realizada de maneira errada, o que pode acarretar danos à pele.

Por que a pele do rosto exige maiores cuidados?

pele do rosto  é mais sensível do que a pele do nosso corpo, por isso, necessita de cuidados especiais, como um sabonete específico para cada tipo de pele, por exemplo. Muitas pessoas usam qualquer sabonete ou o mesmo que usam para o corpo e isso é um dos erros mais comuns.

Veja uma lista de cuidados que você deve prestar atenção

  1. LAVAR O ROSTO VÁRIAS VEZES AO DIA COM SABONETE: esse erro é muito corriqueiro, principalmente no verão, quando suamos muito e procuramos alívio para o calor. Também pelas pessoas que tem a pele oleosa e procuram deixá-la menos “pegajosa”. Segundo dermatologistas, o ideal é que se lave o rosto com sabonete ou cremes específicos de limpeza facial apenas duas vezes ao dia, preferencialmente pela manhã e à noite. Pode-se lavar o rosto mais vezes durante o dia, mas apenas com água, caso contrário, as glândulas sebáceas produzirão ainda mais oleosidade, podendo causar as temidas espinhas.
  2. A ÁGUA PODE AJUDAR OU NÃO: a água é uma das responsáveis pelo efeito positivo ou negativo na pele, ou melhor, a temperatura da água usada na higiene facial. Isto porque, especialmente no inverno, muitas pessoas usam água quente. A água fria é a ideal para lavar o rosto, pois a água quente retira a oleosidade natural da pele, tornando-a ressecada e desidratada, além disso, para combater o ressecamento, as glândulas sebáceas também nesse caso, produzirão quantidade excessiva de sebo, causando a oleosidade. A água gelada, que funciona como tonificante e é muito utilizada para fechar os poros, especialmente por mulheres antes da maquiagem, deve ser usada com moderação, já que o choque térmico também tem efeitos colaterais, como a contrição dos vasos, ocasionando alterações róseas na estrutura da pele.
  3. HIGIENIZE SUAS MÃOS: antes de começar é preciso sempre lavar bem as mãos, assim você evita que a pele de seu rosto seja infectada por bactérias.
  4. SEJA DELICADA: o trabalho de limpeza é feito pelo sabonete, então não é preciso esfregar a pele com força. Seja delicada e faça movimentos circulares, como uma massagem, em seu rosto.
  5. ENXAGUAR BEM É FUNDAMENTAL: muitas pessoas tem o péssimo hábito de não enxaguar corretamente todas as partes do rosto, seja por pressa ou descuido mesmo. Assim, o topo da testa, junto à raiz dos cabelos, por exemplo, pode acumular resíduos de sabonete, deixando a pele ressecada ou até irritada.
  6. PECADOS DA MAQUIAGEM: as mulheres precisam tomar maiores cuidados com a maquiagem, pois, se não retirarem a maquiagem antes de lavar o rosto, com um demaquilante específico, a pele pode ir acumulando resquícios de produtos e obstruir os poros. O ideal é usar um demaquilante para os olhos e outro para o resto da face.
*Fonte:aqui

domingo, 25 de agosto de 2013

Os suplementos favoritos para quem deseja um corpo sarado

Para manter o corpo sarado, é indicado o uso de suplementos de proteínas ou minerais. Conheça três suplementos para ganhar massa muscular.

Whey, BCAA e Picolinato de Cromo


Whey Protein
Feito com a proteína do soro do leite, o Whey é o favorito para ganhar massa muscular por possuir alta concentração de aminoácidos e cadeia ramificada BCAA, que ajudam a ganhar massa magra. Esse suplemento não é indicado para quem tem intolerância à lactose e para fazer o uso dele é importante se consultar com um médico, pois cada caso demanda uma dose diferente da proteína.

BCAA
Formado por três aminoácidos essenciais que não são produzidos pelo corpo, o BCAA é muito usado pelas pessoas que praticam atividades físicas. Carnes, naturalmente têm esses aminoácidos, mas a suplementação adicional é muito benéfica para o período pré e pós treino.

Picolinato de Cromo
É muito usado nas pessoas que adoram doces e não conseguem se livrar da vontade de comê-los. O picolinato inibe a fome de doces, carboidratos e ainda ajuda na queima de gorduras.

Clareie suas unhas amareladas em casa!

Unhas amareladas é um dos problemas mais recorrentes nas mulheres apaixonadas por esmaltes. Apesar de não ser causado apenas pela química dos esmaltes, esse é o maior fator contribuinte. Para deixar as unhas limpinhas e branquinhas existem vários tratamentos eficazes, incluindo as receitas básicas feitas em casa.

O que pode causar as unhas amareladas?

As unhas quando pintadas constantemente com esmaltes de cores fortes acabam absorvendo alguns pigmentos. Isso acontece por que elas são bastante porosas. Entretanto há também a possibilidade de as unhas estarem amarelas devido a problemas relacionados à saúde, tais como diabetes, uso crônico de antibióticos, cigarro e problemas no fígado. Para esses casos o tratamento deverá ser prescrito por um dermatologista.

Evite deixar as unhas amareladas

É possível, sim, prevenir as unhas de ficarem manchadas de amarelo. Só precisa tomar algumas precauções com as garras:
  • Sempre use uma camada de base ou fortalecedor antes de aplicar o esmalte. Assim será formada uma camada protetora nas unhas que não deixará a química do esmalte agredi-las e evitará o amarelamento.
  • Mescle as cores de esmalte com que costuma pintar as unhas. Se numa semana pintou de vermelho, na outra semana aplique um renda ou nude.
  • Deixem-nas respirar! É muito importante passar alguns dias sem aplicar esmalte nas unhas. Pelo menos uma vez no mês, dê um tempo aos pigmentos.

Receitas caseiras para clarear as unhas

Suco de limão
O limão já é conhecido por ser um clareador natural  e pode servir até para tirar o amarelado das unhas. Para isso, esprema um limão e coloque em um potinho com água morna. Deixe suas unhas de molho nessa mistura por 10 minutos e elas sairão bem mais clarinhas. Só fique muito atenta: o limão costuma manchar a pele quando entra em contato com o sol. Por isso, lave muito bem os dedos depois desse processo.

Água oxigenada
A água oxigenada também pode ser utilizada para tirar as manchas amareladas das unhas. Utilize o volume 10 para essa receita: 2 colheres de sopa de água oxigenada misturada a um pouco de água morna. Mergulhe as unhas e deixe de molho por dez minutos. Lave com água corrente e sabonete depois de clarear.

Atenção!

Para ambas as receitas é preciso que as unhas estejam limpa, sem esmalte nenhum. O resultado fica ainda melhor se a receita for feita logo depois de remover o esmalte. Faça o clareamento uma vez por semana ou quando achar que está precisando, mas sem exageros.

*Fonte:aqui

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

9 mitos e verdades sobre varizes

Descubra o que funciona e o que só colabora para o surgimento das varizes. Não dá para brigar contra a genética, mas é possível prevenir e tratar esse pesadelo.

As varizes não só incomodam como são um golpe na autoestima de qualquer mulher. Ninguém merece colocar a saia e aquelas veias roxas aparecerem para estragar o look! Segundo o especialista em cirurgia vascular Rogério Neser, histórico familiar e envelhecimento das veias são os principais fatores, mas ficar muito tempo na mesma posição, ser obesa ou sedentária contribui para o surgimento das bandidas. Desvende os principais mitos sobre o tema e livre-se desse mal!

1. Ficar muito tempo sentada ou em pé dá varizes - Depende

O principal fator para o aparecimento do problema é o histórico de varizes na família e também o próprio envelhecimento das veias. Mas não permanecer muito tempo na mesma posição ajuda a evitar esse problema.

2. Praticar esportes evita o problema - Verdade

Além de promover bem-estar, mexer o corpo fortalece a musculatura e melhora a circulação, o que ajuda a manter as pernas sempre bonitas. Tudo o que o sedentarismo não possibilita. Fica a dica! 

3. É apenas uma questão estética - Mito

As varizes deixam as veias mais à mostra. E aí muitas mulheres evitam usar short ou minissaia, mas o problema vai além. Varizes provocam dores, inchaço e sensação de peso nas pernas. "Em casos mais graves, pode haver a formação de úlceras, que são muito incômodas", diz Neser.

4. Usar salto alto causa varizes - Mito

Balela! "Não há comprovação de que o uso de salto alto leve à formação de varizes", argumenta Neser. De qualquer forma, não custa maneirar às vezes, a coluna agradece! 

5. Anticoncepcional favorece as varizes - Verdade

Sim, mas o problema pode ser outro e ainda pior. "A combinação de pílulas com o hábito de fumar potencializa o risco de trombose venosa", alerta.

6. Vasinhos são varizes em estágio inicial - Mito

As linhas finas que mais parecem "rabiscos" pelas pernas não evoluem para veias mais grossas. "As varizes já nascem varizes", explica Neser. Geralmente, vasinhos causam só incômodo estético

7. Cremes para varizes não funcionam - Verdade

"É pura enganação mesmo", diz Neser. Por isso, em vez de gastar dinheiro à toa, procure um médico, amiga.

8. É melhor tratar varizes no inverno - Depende

Não é indicação médica, mas, como após as técnicas não é bom tomar sol ou é preciso usar meia elástica, as pessoas preferem fazer nesta estação. Veja como tratar:

Escleroterapia: é a "secagem" das veias com a aplicação de um líquido nos vasos.

Microcirurgia: veias menos dilatadas são retiradas por pequenos cortes sobre a veia.

Cirurgia: feita na safena, uma importante veia da perna. São feitos cortes na virilha e no tornozelo.

Laser ou radiofrequência: mais modernos e menos invasivos, geram calor e queimam a veia afetada 

9. Meias elásticas evitam varizes - Mito

As meias ajudam quem já tem o problema, sofre com dores e inchaço. Mas só um médico deve indicar o nível de compressão certo para você, ok? 
*Fonte:aqui Fotos:Getty Images





terça-feira, 6 de agosto de 2013

10 alertas sobre o andador infantil

O andador infantil é um acessório perigoso? Prejudica o desenvolvimento do bebê? Tire suas dúvidas!


É verdade que o andador prejudica o desenvolvimento da criança?
Foto: Getty Images

No início deste ano, a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) anunciou que todos os profissionais da entidade vão contraindicar o uso do andador infantil já nas consultas do pré-natal. No Canadá, é proibido comercializar o produto desde 2007 por causa do risco de acidentes. Na Europa e nos Estados Unidos, uma lei semelhante está em análise. A SBP desaprova o uso do produto desde que uma criança faleceu, em 2009, no Rio Grande do Sul, depois de um acidente com o aparelho. Em janeiro, uma família baiana também perdeu seu bebê. Confira abaixo dez alertas sobre o uso do andador:
1. O andador causa mais acidentes que qualquer outro produto voltado para bebês entre 5 e 15 meses.
2. Ele é responsável por 80% das lesões que resultam de quedas em escadas ou tropeços.
3. No Brasil, a cada ano são realizados cerca de dez atendimentos de emergência para cada mil bebês com menos de 1 ano, provocados por acidentes com o produto.
4. Em um terço dos casos, as lesões são graves, geralmente fraturas ou traumas cranianos, necessitando de hospitalização.
5. Ao usar o andador, o pequeno leva mais tempo para ficar de pé e caminhar sozinho, além de engatinhar menos.
6. Colocar a criança de até 1 ano num veículo que pode atingir a velocidade de 1 metro por segundo é como entregar a chave do carro a um menino de 10 anos.
7. O bebê não precisa do andador para se entreter: sente-se com ele e faça caretas, conte histórias ou brinque.
8. Os próprios pais podem ensinar a criança a andar auxiliando de acordo com a fase do desenvolvimento físico-motor em que ela se encontra.
9. Não existe idade correta para a criança começar a andar, mas, de modo geral, por volta dos 12 meses ela já está apta a fazê-lo.
10. Caso os pais, de fato, não tenham condições de ficar o tempo todo ao lado do bebê, ele deve ser colocado num cercadinho com brinquedos indicados para a sua idade.
*Fonte:aqui

sábado, 3 de agosto de 2013

O que seria da vida sem música?

Inspire-se nos anéis de Paloma em 'Amor à Vida'

A personagem Paloma (Paola Oliveira) aderiu o visual durante a novela Amor à Vida, da Globo. Ela deixou de lado o jeito hippie para aderir a um visual mais básico na fase adulta. Mas pequenos detalhes de sua adolescência continuam em seu look: os anéis. Ela mistura diferentes combinações de anéis em seus dedos mindinho e anelar e assim consegui ficar mais linda. Então meninas, é só comprar os anéis e ficar na moda. 

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Dica: Como conservar a meia calça


Esse truque já é antigo, mas algumas pessoas dizem que funcionam. “Para não desfiar, dê uma molhadinha na meia-calça e torça com cuidado. Insira num saco plástico e leve ao freezer. Deixe por lá até ficarem completamente congeladas. Parece loucura? Nada! Descongele naturalmente e coloque para secar no varal. Aumenta e muito a durabilidade”, aconselha a gerente de produtos da Trifil, Suzi Regina Gaicon Freitas..
Lavar sempre as meias com sabão neutro e sem alvejante é muito importante. “Caso a pessoa deseje lavar na máquina, coloque as meias dentro de outra que seja velha e sem uso ou mesmo numa fronha. Protegendo o produto evita-se manchas e bolinhas vindas de outros tecidos. Pendure no varal pelo cós e deixe secar naturalmente. Evite secadora”, recomenda a gerente.
Na hora de guardar é indicado que a meia seja embalada em sacos plásticos ou de tecidos. Se a meia desfiar e por infelicidade a pessoa não tiver como trocar, é importante ficar calma que tudo tem jeito. “Pingue um esmalte incolor ou cola branca no fio para evitar que o mesmo corra mais. Pelo menos as coisas param por aí!”, aconselha Suzy.
Este parece um conselho de mãe, mas não custa escutar: tenha sempre na bolsa um par de meias reserva. “As pessoas nunca sabem o que pode acontecer e meia de qualidade não é vendida em qualquer esquina”, diz a especialista da Trifil.
*Fonte - MBPress *Fonte:aqui

Dicas para usar meia-calça

Saiba como usar a meia-calça sem erro e fique superestilosa.

Há roupas, cores e acessórios que nunca saem de moda. Um deles é a meia-calça, grande trunfo nos looks de frio. Em versões finas, opacas, estampadas e até texturizadas, opções são o que não faltam para fugir do basicão. Medo de errar? Aqui vai 10 dicas para você arrasar de meia-calça nesta temporada e passar longe do mico.

CERTO

1 - Estão em alta neste inverno: além da boa e velha meia preta fosca, bacana de misturar com sapatos de texturas como verniz, croco, camurça, cobra e tachas, aposte no modelo que faz o estilo grunge, meio detonado. “Fica ótimo com shorts desfiados e blusa xadrez”, diz a estilista Ana Paula Aragones, da Leeloo. Uma boa opção de fio para dias ou noites mais frios é o 40. 

2 - Para alongar a silhueta, use a peça com um sapato da mesma cor ou de um tom bem próximo. A dica é da dupla de consultoras de moda Rafaella Cardoso e Camila Ferreira Leite, do Inspire Me. “Para afinar ao máximo e ficar ainda mais elegante, aposte no look todo preto, da meia à roupa”, aconselha a estilista Gabriela Rapuano, da Andarella.

3 - Mulheres com pernas grossas devem optar por cores escuras. Já as com pernas mais finas podem abusar das meias estampadas ou com alguma textura para dar a ilusão de maior calibre. Mas atenção: use-as com looks mais básicos, em que a meia seja o ponto de destaque. 

4 - A estilista Fafa Cosenza, da Shop 126, aconselha brincar com o estilo vintage nesta temporada. “Um look preto e branco, com meia-calça gravataria escura e scarpin claro, fica divertido e ao mesmo tempo elegante”, afirma. Para as menos ousadas, meia-calça preta combinada com saia preta e ankle boot não tem erro.
5 - Anote dois looks que não têm erro, segundo a estilista da Farm e a coordenadora de estilo da Folic, Talita Romano: 
Short jeans ou estampado + blusa ou T-shirt ou camisaria + meia-calça + botinha ou tênis 
Vestido estampado + meia-calça + tênis ou botinha 
Tubinho liso preto + meia-calça estampada.

ERRADO

6 - Esqueça meia-calça cor da pele ou branca. As rendadas e texturizadas também estão em baixa, segundo a estilista Ana Paula Aragones, da Leeloo. 

7 - Além das meias estampadas, mulheres com coxas mais grossas devem evitar as peças com brilho, pois chamam muita atenção para as pernas, segundo Joana Nolasco, uma das donas da Via Flores. 

8 - Esqueça estampas chamativas. É inverno, não Carnaval. Prefira peças com detalhes estampados apenas em alguns pontos, como atrás ou na lateral. 
9 - Nada de combinar o acessório com calçado aberto. “Esse negócio de coordenar meia-calça com sandália ou até mesmo peep toe não dá certo”, diz a estilista Paula Prado, da d.Factory. Evite também sapatos muito esportivos. “Dê preferência para as botas, curtas ou longas, ou sapatilhas”, recomenda Joana, da Via Flores. 

10 - Não escolha meias com brilho ou cor forte. “Nem muito menos contraste a peça com a cor dos sapatos. Só para ir a uma festa junina.”, avisa a consultora de estilo Renata Abranchs.

*Fonte:aqui


quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Lipoenxertia: preenchimento recupera volume do rosto

O que é lipoenxertia facial

O envelhecimento natural causa a atrofia dos tecidos moles - músculos, pele e gordura. Em consequência, há perda de volume em regiões como as maçãs do rosto, por exemplo, e os ossos acabam ficando realçados sob a pele. O preenchimento facial com gordura do próprio corpo devolve o volume às regiões atrofiadas e rejuvenesce a pele, pois junto com o enxerto de pele vêm células-tronco que darão origem à novas células da pele.

Outros nomes

 Preenchimento facial com gordura autóloga.                                                                                          

Como é feita a lipoenxertia facial

Primeiramente é infiltrada a solução de Klein - composta por soro fisiológico e adrenalina - para diminuir as chances de sangramento e, consequentemente, de trauma cirúrgico. As cânulas ou seringas de lipoaspiração são introduzidas através da pele e chegam ao tecido adiposo (camada que vem logo após a pele), de onde aspiram - através de um sistema de vácuo - a gordura localizada. 

O paciente pode optar por combinar a lipoenxertia facial com uma lipoaspiração maior ou seguir o procedimento básico. No preenchimento facial  simples, a gordura pode ser retirada de qualquer outra parte do corpo que contenha gordura, mas em geral, a retirada é feita do abdômen, através da cicatriz umbilical. É utilizada a anestesia local ou tópica. 

No caso da lipoaspiração de maior extensão, os pontos em que são inseridas as cânulas variam de acordo com a anatomia do paciente e a técnica usada pelo cirurgião. Pode ser feita com anestesia geral, peridural ou local, dependendo da quantidade de regiões abordadas. Caso a anestesia seja geral, há a necessidade de intubação orotraqueal e uso de aparelhos que ajudam a respiração. Em geral, as cicatrizes de lipoaspiração medem cerca de meio centímetro, mas podem ficar quase imperceptíveis com o tempo, e não causam incômodo. 

"Em seguida a gordura é tratada - é feita a retirada de células de gordura rompidas, de sangue e de anestésico - e a gordura e enxertada em um novo local" explica o cirurgião plástico Eduardo Andrade Filho, do Espaço Cariz, em Campinas (SP). "O enxerto é colocado através de finas seringas no local desejado, dando volume e forma nova ao local". Apenas uma sessão é necessária para que sejam vistos os resultados. 

O cirurgião plástico Alan Landecker, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, lembra que o procedimento deve ser feito preferencialmente em hospital. Porém, nos casos que a manipulação for muito pequena, é possível que ela seja feita em consultório.

Médicos que podem realizar o procedimento

Cirurgiões plásticos e cirurgiões dermatológicos são os profissionais mais indicados para fazer o preenchimento facial com gordura autóloga.

Vantagens da lipoenxertia facial

Alan Landecker explica que a particularidade do preenchimento facial com gordura autóloga está no fato que de 30 a 50% do volume implantado é reabsorvido, o restante é permanente. Além disso, é usado material do próprio corpo para fazer o preenchimento, o que reduz as chances de rejeição do corpo ao material aplicado. 

O especialista explica que caso o paciente fique insatisfeito com os resultados da lipoenxertia facial, é possível lançar mãos de técnicas não invasivas de eliminação da gordura, como a lipocavitação com ultrassom. É possível também realizar uma lipoaspiração cuidadosa no rosto.

Indicações

A técnica está indicada para preenchimento de rugas faciais, como por exemplo o sulco que se forma entre o nariz e a boca, popularmente chamado de bigode chinês, e os que se formam ao redor da boca e dos olhos. É possível aplicar gordura nas maças do rosto para recuperação do volume perdido com o passar dos anos e nos lábios.

Contraindicações

O preenchimento facial com gordura do próprio corpo deve ser evitado por pacientes com diabetes, doenças do colágeno, imunossuprimidos, pessoas que fazem uso de anticoagulantes e portadores de alterações renais ou hepáticas.

Sessões de lipoenxertia facial

Normalmente uma sessão é suficiente, mas caso os resultados ainda não estejam satisfatórios, é possível fazer um retoque.

Possíveis riscos associados

O cirurgião plástico Alan Landecker explica que inchaço e equimoses (manchas arroxeadas na pele) são comuns após o preenchimento facial com gordura corporal. Em casos mais raros podem acontecer infecção e o acúmulo de líquido na região em que foi realizado o preenchimento. Pode, ainda, haver a lesão de nervos e vasos sanguíneos, causando alterações da sensibilidade e hematomas.

Pós-operatório da lipoenxertia facial

O paciente deve tomar antibiótico como medida preventiva para infecções após o procedimento. Medicações analgésicas podem ser usadas se necessárias. O cirurgião plástico Alan Landecker recomenda ao paciente que evite massagear a região, o que pode aumentar a absorção da gordura implantada. O paciente também deve evitar o sol, o que pode gerar manchas na pele, e exercícios físicos por até 15 dias. Depois desse tempo é possível retornar à atividades mais leves e após dois meses aos exercícios normais. 

Resultados da lipoenxertia facial

Os efeitos do preenchimento facial com ácido hialurônico aparecem logo após o tratamento, mas se tornam mais visíveis uma semana após a sessão, momento em que o inchaço do rosto é amenizado. De 30 a 50% do volume de gordura implantado é reabsorvido, o restante é permanente.

Outras áreas em que pode ser enxertada a gordura retirada

Além da face, a gordura autóloga pode ser aplicada em outras áreas do corpo em que se deseja restaurar ou aumentar o volume, como mãos, nádegas e mamas.

Fontes consultadas

 Cirurgião plástico Alan Landecker (CRM:87043), membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.
Cirurgião Plástico Eduardo Andrade Filho (CRM : 68648), médico Cirurgião Plástico do Espaço Cariz de Campinas.
*Fonte:aqui

terça-feira, 30 de julho de 2013

Liso impecável: como conquistar fios lisos e sem frizz

Um cabelo superliso é tarefa impossível? Que nada! Veja como conseguir o liso dos seus sonhos.



Não se engane: o liso impecável dá muito trabalho, mesmo! Mas, ele é possível, sim. Os especialistas Marcos Coraza, do Gilberto Cabeleireiros, e Junior Santos, do 4You Hair Design, desvendam os truques que existem por trás do liso sem nenhum fiozinho arrepiado. Acredite, até a escova que você usa e a temperatura do secador influenciam no resultado! Anote as dicas!

Menos  frizz,  por  favor,  por  favor!

Taí um mal que assombra nove entre cada dez cabelos lisos: fios arrepiados. E temos a resposta: é falta de hidratação, gata! Para combater o frizz, aplique em casa, a cada quize dias, uma máscara hidratante (siga as instruções de uso no rótulo de cada produto). Já no salão, faça uma vez por mês a selagem térmica (cerca de R$ 100, para cabelos médios), que fecha as cutículas e garante que os fios permaneçam hidratados por mais tempo. Esse tipo de procedimento é indicado para todo tipo de liso, dos naturais aos quimicamente tratados. Vale o investimento!

 Qual  o  finalizador  certo  para  você?

Eles evitam que a chapinha e o secador agridam os fios e, de quebra, alguns funcionam como tratamento, hidratando o cabelo. O truque é saber usar o finalizador de acordo com a necessidade dos seus cabelos. Dá só uma olhada:
Leave-in:
Indicado para fios ressecados. Nos cabelos ainda úmidos, aplique uma quantidade equivalente a uma moeda de 50 centavos. Espalhe o leave-in por todo o comprimento. Caso vá fazer escova ou chapinha, use versões termoativadas do finalizador.
Sérum e óleos:
Formam um filme que protege o fio do calor do secador e da chapinha. Em cabelos curtos e médios, uma gotinha antes da escova e outra depois dá conta do recado. Se tiver cabelos longos, vá com duas gotas. Séruns e óleos podem ser usados todos os dias. Mas, use apenas no comprimento. Ok?
Mousse:
Sabe quando o cabelo já está liso, mas a raiz está murchinha? Essa é a hora de usar o mousse! Aplique na raiz ainda úmida, uma quantidade equivalente a uma bola de pingue-pongue. Depois, com a ajuda de uma escova raquete, faça movimentos da raiz para o alto, e seque com ar quente. O resultado? Fios com volume na raiz e superlisos no comprimento.

 4 dicas para um liso de arrasar!

1. Esfrie a cuca
É, amiga, para ter um liso bonito é necessário apostar na ducha morna. Isso porque a água superquente turbina a oleosidade do couro cabeludo, deixando os fios ensebados.
2. Escova queridinha
Só use escova do tipo raquete. "Com base reta, ela ajuda a desembaraçar os fios sem arrebentá-los", explica Marcos Coraza.
3. Ventinho frio
"Assim que finalizar a escova ou a chapinha, dê um jato de ar frio para garantir fios com brilho e sem frizz", ensina Junior Santos.
4. Calor na medida
A temperatura da chapinha nunca deve ultrapassar 200 ºC. É a temperatura que os fios mais resistentes, como crespos e cacheados, aguentam. Se o seu cabelo estiver fragilizado, não passe dos 150 ºC, ok?

Tratamentos de salão para fios retos   

Garimpamos os melhores lançamentos profissionis para você investir e conquistar o cabelo domado e impecável
*Objetivo: superliso
Nome: Supreme Liss, da Amend.
O que é: escova progressiva (sem formol) à base de carbocisteína (ativo), que altera a estrutura do fio, reduz o volume e elimina o frizz, e óleo de argan, que nutre e hidrata profundamente. Para todos os tipos de cabelo, natural e lisos com química.
Manutenção: a cada dois meses, na raiz dos fios.
Preço: R$ 250*
*Objetivo: fim dos arrepiados
Nome: Bio-desvolumização, da Matrix.
O que é: hidratação intensa feita com óleo das sementes de flores de camélia, rica em antioxidantes e vitamina E. Esse tratamento promete lisos sedosos e sem fios arrepiados até em climas úmidos. Olha só!
Manutenção: em média, três meses, de acordo com o fio.
Quanto custa: R$ 100*
*Objetivo: liso tratado
Nome: Botox Capilar, da Lokelani.
O que é: feito com argila branca, o tratamento é indicado para fios envelhecidos, que estão fragilizados por alisamentos, colorações e uso frequente de chapinha e secador. Ele funciona como um restaurador da estrutura capilar e garante um liso com efeito bem natural.
Manutenção: três meses.
Quanto custa: R$ 80*
*Objetivo: alisar fios crespos e grossos
Nome: Brazilian Afro Keratin, da Inoar.
O que é: escova progressiva à base de ácidos orgânicos e aminoácidos que, combinado com ativos do azeite de oliva e do óleo de coco, reduz o volume, alisa, nutre e dá brilho. É ideal para cabelos afros, com fios naturalmente grossos e resistentes.
Manutenção: a cada três meses, em média.
Quanto custa: R$ 250*
*Preço sugerido para cabelos de comprimento médio.
*Fonte:aqui  *Foto:Thinkstock

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Poder de fogo: maquiagem vermelha é ousada e está na moda. Aprenda a usá-la!

Vermelho é sexy, ninguém discute. Mas a cor também é ousada, irreverente e muito luxuosa. Usá-la de maneiras inesperadas vai eletrizar seu make. Aposte e siga incendiando com o tom mais poderoso da estação.

Incendeie o seu make de inverno com tons de vermelho. Os seus lábios, pele, unhas e olhos vão ficar radiantes. 

Pele quente 

Não, não é para você jogar fora seu blush pêssego, tampouco o rosado ou o coral. Mas no alto inverno a pele branquinha pode muito bem receber um tom mais quente nas bochechas. "Ele fica sexy porque imita o rubor natural, aquele que surge no nosso rosto quando a gente corre", diz a maquiadora sênior da M.A.C Fabiana Gomes. Este aqui, quase cereja, mistura a inocência do rosa com a ousadia do vermelho.
 

Passo a passo do make hot

Neutralize pontos vermelhos naturais (maçãs, ao redor do nariz) com corretivo. E elimine a umidade da pele com uma camada de pó finalizador. Então, aplique o blush na base do osso das maçãs, a dois dedos do nariz, com pincel largo.

1. Premium Quality Powder Blush, Revlon, R$ 50*
2. Cream Blush Cactus Flower, Nars, R$ 112*
3. Frankly Scarlet Vivid Rose, M.A.C, R$ 115*
4. Blush em Creme Cranberry, Mary Kay, R$ 35*

*Preços pesquisados em junho/2013   
                                                                                              

Lábios marcantes

Boca vermelha é decididamente a que mais chama a atenção: sexy, destemida, poderosa. Quer encontrar sua cor? "Loiras ficam lindas com nuances abertas, como o morango. Orientais, com o tomate. Negras se destacam com o berinjela. Morenas devem experimentar tons mais fechados, como o vinho", diz o maquiador André Veloso, eleito pelas atrizes globais o rei da boca vermelha.   

Passo a passo do make hot

Esfolie os lábios e aplique primer ou lip balm. Assim, a boca absorve melhor o pigmento. Faça o contorno com lápis, corrigindo o formato dos limites, e puxe a cor para o centro, com a ponta do dedo. Então, aplique o batom.

1. Make B. Batom Hidralip Vermelho Jet Set, O Boticário, R$ 27*
2. Batom Hot3, AC Make Up, R$ 14*
3. Contour Lipstick da Smart Make Up 06, AnaSuil, R$ 67*
4. Rouge in Love Vermelho Apaixonado 159B, Lancôme, R$ 104*

*Preços pesquisados em junho/201 
                                                                                                   

Unhas à francesa

Essa manicure é um misto da tradicional francesinha com a tendência de geométricos + transparências do mundo da moda. E, apesar de ter grande impacto, é fácil de fazer. "Unhas nuas, somente com base, recebem uma pincelada chanfrada de vermelho-sangue, cortando-as ao meio, na diagonal", diz Agnes Cruz, do nail bar Cosmopolish, em São Paulo.                              

Passo a passo do make hot

Cole um pedaço de fita adesiva do canto superior esquerdo até o centro do lado oposto. Passe a base e, depois de retirar a fita, esmalte vermelho no triângulo exposto. Finalize com top coat.

1. Coral, Guerlain, R$ 90*
2. Vintage, Ana Hickmann, R$ 9*
3. Rita, Granado, R$ 15*

*Preços pesquisados em junho/2013 
                                                                                                 

Olhos instigantes

Esse efeito é um mix de dois looks bastante populares em duas décadas diferentes: o formato twiggy dos anos 60 e o neon dos 80. "O segredo é manter o restante do make mais suave", diz a maquiadora Vanessa Rozan, do Liceu de Maquiagem, em São Paulo. Para copiar, capriche na máscara para cílios em cima e embaixo e cause por onde quer que passe!                                      

Passo a passo do make hot

Aplique sombra nude na pálpebra. Olhe no espelho e faça uma linha, em forma de meia-lua, acima do côncavo com sombra cremosa vermelha e pincel. Os limites são as pontas interna e externa da sobrancelha.

1. Pincel para Sombra, Eudora, R$ 15*
2. Sombra Clow, Duda Molinos, R$ 32*
3. Sombra Vinho Cintilante, Contém 1g, R$ 23*
4. Pigmento Strawberry, Catharine Hill, R$ 22*

*Preços pesquisados em junho/2013
 
*Fonte:aqui    *Fotos:Jamie Nelson